ENGEMAN CELEBRA CRESCIMENTO ALCANÇADO EM 2023 E PROJETA EXPANDIR AINDA MAIS SUAS ATIVIDADES EM 2024

O ano certamente foi especial para a empresa Engeman. Além de ter celebrado o seu 40º aniversário, a empresa também está fechando 2023 com um considerável crescimento em seu faturamento. Paralelamente, a companhia pernambucana conseguiu duplicar a sua carteira de contratos durante o ano. Para o futuro, a ideia da Engeman é continuar nesse ritmo de expansão. É o que revela o CEO da empresa, Mario Beltrão, nosso entrevistado de hoje (8) da série especial Perspectivas 2024. O executivo projeta ainda que a atividade da companhia crescerá exponencialmente em 2024, mantendo o ritmo consistente dos últimos 5 anos. Por fim, ele também pede que o governo dê condições para que indústria de transformação tenha mais relevância no país. Vejamos então a seguir as opiniões de Mario Beltrão. Você também pode acompanhar um vídeo especial sobre os 40 anos da Engeman ao lado, na seção Vídeo em Destaque.

Como foi o ano de 2023 para a Engeman?

Foi um ano de muitos desafios, mas muito produtivo, pois crescemos cerca de 45% em faturamento e praticamente duplicamos nosso backlog de contratos.

Ser eleita a melhor fornecedora da Petrobrás, na categoria Manutenção industrial, também foi um grande marco para nossa empresa.

Outro ponto importantíssimo, que está alinhado com nosso planejamento estratégico, é termos conseguido aumentar nossa carteira de projetos no mercado privado, que hoje corresponde a mais de 40% do nosso faturamento, em diversas áreas da indústria.

Novas regionais foram implantadas em locais estratégicos para o crescimento de nossa atuação, exemplifico a região do Ceará/Rio Grande do Norte que tem total sinergia com a atividades que surgirão na Margem Equatorial.

Quais sugestões gostaria de passar para o governo ou para o mercado com o objetivo de melhorar as condições de negócios no Brasil?

Se eu pudesse dar uma sugestão ao atual governo, seria para que o mesmo criasse condições possibilitando que a indústria de transformação tenha um papel em 2024 de maior relevância, pois são geradores de riqueza, empregos e avanço tecnológico para o país.

Quais são as suas perspectivas sobre o seu setor de atuação para este novo ano que está para começar e quais as perspectivas da nossa economia para o ano vem?

Notadamente a nossa atividade deve crescer de modo exponencial no ano que vem, mantendo o ritmo consistente dos últimos 5 anos.

Esperamos que a indústria de um modo geral também cresça e acompanhe o crescimento do segmento de óleo e gás.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of