ENGEMAN SE PREPARA PARA REALIZAR NOVAS ATIVIDADES NA RNEST E AVALIA COMPRAR CAMPOS TERRESTRES

Por Davi de Souza (davi@petronoticias.com.br) –

jobe-medeirosOs tempos são de resultados satisfatórios e crescimento para a pernambucana Engeman. A companhia, que foi escolhida recentemente como uma das vencedoras do prêmio de melhores fornecedores da Petrobrás, está ampliando sua atuação no mercado de óleo e gás. A empresa está atualmente executando um contrato de manutenção em equipamentos de 11 plataformas da Petrobrás na Bacia de Campos. Além disso, a Engeman também se prepara para atender a um novo aditivo assinado na RNEST (Refinaria Abreu e Lima), onde irá realizar preservação de equipamentos, movimentação de cargas e inventário de materiais em toda a unidade. Além de contratos com a Petrobrás, a companhia nordestina também tem conseguido negócios no setor privado – que foi responsável por mais de 60% de seu faturamento em 2020. O diretor de operações da Engeman, Jobe Medeiros, revela também que a empresa está estudando a possibilidade de fazer aquisições no onshore. “Estamos com uma equipe de geologia avaliando oportunidades em campos terrestres”, contou o executivo. A Engeman estuda ainda a compra de outras companhias (visando diversificar sua área de atuação) e também está se estruturando para atuar em reformas e comissionamentos de plataformas e plantas industriais. “Recentemente tivemos a oportunidade de atuar no comissionamento das unidades P-75 e P-77, onde concluímos com sucesso”, acrescentou Medeiros.

Gostaria de começar falando sobre o recente prêmio dado pela Petrobrás a empresa. Poderia narrar um pouco das medidas que vocês tomaram dentro desse tema de boas práticas de integridade que levaram à empresa a receber o prêmio?

terminais-big2Para Engeman foi uma grande satisfação estar neste seleto grupo de empresas, entre os melhores fornecedores da Petrobrás. É um reconhecimento por parte de nosso cliente às nossas práticas de Compliance implantadas desde 2016, liderada pelo nosso Vice-presidente Júnior Beltrão. Ele conduziu de perto a implantação de um canal de ouvidoria robusto, avaliação de fornecedores rigorosa e um código de ética bem fundamentado e difundido em toda a empresa. Importante ressaltar que, além de um time interno muito competente e qualificado, contamos com o apoio de grandes consultorias como a Delloite, Cia Consultores e Rigueira Escritório de advocacia, que nos condicionou à obtenção da certificação ISO 37001 em meados de 2020 pela certificadora TÜV NORD Brasil, o que, pelo pioneirismo, acreditamos ter sido o nosso diferencial para obtenção deste prêmio.

Mas não paramos por aqui. Nosso próximo desafio nesta área é a busca do Selo Pró-ética, reconhecimento concedido pela Controladoria Geral da União para empresas de destaque em práticas de integridade. 

Agora, gostaria de falar sobre os projetos em óleo e gás. Por exemplo, poderiam nos atualizar sobre os dois contratos com a Petrobrás para Manutenção Preventiva e Corretiva em Sistemas de Compressor de Gás? Em que fase estão?

P-56

Plataforma P-56, uma das unidades onde a Engeman está fazendo serviços de manutenção

Realizamos a mobilização dos dois contratos no final de 2020 (Bacia de Campos e Búzios). Tratam-se de contratos de um alto grau de complexidade, já que somos responsáveis pelas turbinas das plataformas, onde qualquer falha pode ocasionar em uma parada da planta. 

Já estamos com nosso time atuando na manutenção das turbomáquinas de 11 plataformas, nas disciplinas de mecânica, elétrica e instrumentação. 

Por falar em novas mobilizações, estamos em pleno vapor na RNEST, com contratações e chegada de novos equipamentos, para atendermos ao escopo aditivado recentemente, para realização de preservação de equipamentos, movimentação de cargas e inventário de materiais em toda a refinaria. 

Poderia também nos falar de outros importantes contratos atualmente em andamento dentro do mercado de óleo e gás? Como estão os trabalhos?

A Engeman, em consonância com seu planejamento estratégico, desde 2017 vem ampliando sua carteira de clientes e diversificando as áreas de atuação.

No último ano, o mercado privado foi responsável por mais de 60% de nosso faturamento. Temos como parceiros em contratos de grande e médio porte, multinacionais como Halliburton, Perenco, Trident e Unigel, além de projetos na Ternium e Termoelétrica da Electricité de France (EDF).

Na Petrobras, mantemos presença consistente, com contratos de serviços offshore em 27 plataformas atualmente, além de atividades onshore em Araças na Bahia, Carmópolis em Sergipe e mais de 200 profissionais na RNEST em Ipojuca-PE.

Como está a prospecção de novos negócios por parte da Engeman nesse momento dentro da indústria de óleo e gás?

terminais-big3Apesar das dificuldades impostas pela pandemia, temos buscado novas maneiras de prospecções e contatos com clientes em potencial, principalmente no mercado de O&G, considerando que os novos demandantes, em sua maioria estão vindo de fora do país.

No ano de 2020, foram mais de 150 convites obtidos para orçamentos advindos de 20 diferentes clientes, o que nos deixa confiantes que estamos no caminho certo. 

Nosso gerente corporativo de Desenvolvimento de Negócios, o Eng. Henrique Souto, lidera um time robusto de engenheiros e técnicos de vendas para ofertarmos soluções para o mercado de O&G, bem como para o restante da indústria de transformação (mineração, siderurgia, celulose, entre outras).

Em paralelo, na área de Novos Negócios, a diretora Vera Damásio lidera o estudo para aquisições de empresas, visando  diversificar a nossa área de atuação e deste modo, mitigar riscos de sazonalidade do mercado.

Quais são as perspectivas para o mercado de óleo e gás para os próximos anos?

Estamos atentos aos cenários que se apresentam, com a chegada de novos players no mercado de O&G, o que de maneira geral traz mais investimentos e competitividade. 

Nos últimos anos, a Engeman vem se estruturando para atuar em reformas estruturais e comissionamentos de plataformas e plantas industriais. Recentemente tivemos a oportunidade de atuar no comissionamento das unidades P-75 e P-77, onde concluímos com sucesso.

Em outra perspectiva, estamos nos preparando para o mercado de descomissionamentos de plataformas, que demandará um alto volume de serviços à médio prazo e queremos ser referência segura para realização destas atividades. 

E qual o planejamento da empresa para continuar crescendo e conquistando novos negócios em O&G ao longo de 2021 e dos próximos anos?

onshoreA Engeman tem como objetivo ampliar ainda mais sua carteira de clientes e projetos nos próximos anos e para isso, temos investido em tecnologia, equipamentos e capital humano, visando fidelizar cada cliente conquistado, realizando os projetos com a excelência em todos os sentidos. 

Trabalhamos sempre com o objetivo de surpreender o cliente com eficiência e visão ampliada do negócio, que significa entranharmos em cada colaborador, principalmente em nossos líderes, o conhecimento do impacto (positivo e negativo) que ele pode causar na atividade macro do nosso cliente e com isso possamos prover soluções cada vez mais assertivas.

Quando todos entendem que fazemos parte de uma engrenagem, comemoramos as conquistas de nossos clientes como se fossem nossas. Um exemplo recente é a marca alcançada pela francesa Perenco, na Bacia de Campos, onde em pouco tempo após a aquisição, conseguiram dobrar a produção de petróleo em relação ao que era produzido pela Petrobrás. Ficamos muito contentes em estarmos contribuindo com o sucesso deles.

Como avaliam a abertura dos mercados de gás natural e de refino, associado aos leilões de campos de Petróleo? Esses movimentos trazem boas perspectivas de negócios?

Sem dúvidas são movimentos que aquecem a economia. Temos, inclusive, estudado a possibilidade de realizar aquisições, especificamente em campos terrestres. Estamos com equipe de geologia avaliando oportunidades em campos terrestres.

7
Deixe seu comentário

avatar
7 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
7 Comment authors
Pedro DutraHeros GrossiFlávio de PaulaRobson FredericoFernando Mello Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Alexandro de Souza
Visitante
Alexandro de Souza

já trabalhei na Engeman por duas vezes e tenho muito orgulho e boas lembranças destes anos! Empresa séria que cumpre com seus compromissos!

Fabrício Silva Nogueira
Visitante
Fabrício Silva Nogueira

Jobe Medeiros. Grande Executivo! Liderança com humanização.

Fernando Mello
Visitante
Fernando Mello

Parabéns ao Engeman, e que estas ações possam abrir portas da empregabilidade. Sucesso

Robson Frederico
Visitante
Robson Frederico

Muito feliz com a notícia. Orgulho de ser Engeman

Flávio de Paula
Visitante
Flávio de Paula

Orgulho em fazer parte deste time!

Heros Grossi
Visitante
Heros Grossi

Jobe um grande profissional , competente, sincero e honesto , onde tive o prazer de trabalhar durante a construção da RNEST , pela CQG

Pedro Dutra
Visitante
Pedro Dutra

Parabéns a toda família Engemam pela referência profissional que nos orgulha com as merecidas premiações que vem recebendo de seus clientes.

Reflexo do primordial empenho do excelente profissional Jobe Medeiros frente a companhia Engemam.