EQUINOR COMEMORA 10 ANOS DE PEREGRINO E PLANEJA RETOMAR PRODUÇÃO NO CAMPO ATÉ JUNHO

Peregrino A deve voltar a produzir até o final de junho

Peregrino A deve voltar a produzir até o final de junho

Neste mês de abril, a norueguesa Equinor está comemorando os dez anos de produção no campo de Peregrino, na Bacia de Campos. Este é o maior ativo da empresa fora de seu país de origem. O momento de celebração coincide com um momento onde o ativo está sem produzir desde abril de 2020, devido a problemas com um riser da plataforma Peregrino A. A empresa, porém, espera retomar a operação da unidade ainda no primeiro semestre desse ano.

Para lembrar, a produção de Peregrino foi suspensa após a ruptura de um riser da plataforma Peregrino A. Como o problema foi causado por corrosão, a petroleira também decidiu substituir outras linhas. A ideia da Equinor era retomar com as atividades na área no primeiro trimestre de 2021, mas os trabalhos foram prejudicados pela pandemia de Covid-19.

peregrino-c

Nova plataforma de Peregrino vai começar a produzir em 2022

Apesar desse contratempo, a Equinor tem muito a comemorar quando olha para os resultados de Peregrino. Desde 2001, a empresa extraiu mais de 200 milhões de barris do campo. A petroleira também, como se sabe, já deu início ao projeto Peregrino Fase 2, que envolve o acréscimo de uma terceira plataforma fixa ao campo.

A nova unidade já foi instalada e poderá perfurar poços para chegar a reservatórios inacessíveis pelas atuais plataformas A e B. De acordo com a Equinor, isso aumentará sua vida do campo  em no mínimo 20 anos e adicionará 250-300 milhões de barris em reservas recuperáveis. A produção da nova plataforma está prevista para 2022.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of