Megabanner

ESTADOS UNIDOS VÃO FINANCIAR PROGRAMA DE DESENVOLVIMENTO DE UM REATOR AVANÇADO

aqaqaqaO Departamento de Energia dos Estados Unidos  (DOE) lançou um programa que  vai fornecer US$ 160 milhões para financiar o  custo inicial, compartilhado com a indústria, para a construção de dois reatores avançados de demonstração que podem estar operacionais nos próximos cinco a sete anos. Isso segue uma liberação do Congresso americano  de US$ 220 milhões no orçamento de 2020 para iniciar um novo programa de demonstração para reatores avançados. A Secretária Assistente dos Estados Unidos para o Escritório de Energia Nuclear,  Rita Baranwal,  disse que o Programa Avançado de Demonstração de Reatores (PADR) se concentrará na construção real e seguirá adiante com o lançamento da Administração dos Estados Unidos da Estratédia do Grupo de Trabalho para Combustível Nuclear para restaurar a liderança note americana em energia nuclear, que recomenda suporte contínuo à demonstração da tecnologia avançada de reatores nos EUA.

Rita Baranwal disse que “Meu escritório tomou medidas ao lançar o Programa Avançado de Demonstração de  Reatores. Isso concentrará recursos em reatores avançados que são acessíveis para construir e operar. Este programa exigirá um compromisso técnico e financeiro sustentado para atingir esses objetivos muito agressivos.” O DOE pretende conceder o financiamento até o final de 2020. “O que esperamos é que tenhamos, não uma empresa singular, mas uma equipe de entidades – desenvolvedores, usuários finais e empresas da cadeia de suprimentos. também – envolvido nessas propostas. É um momento muito emocionante,” disse o diretor geral da NEA, William Magwood.

Os candidatos podem receber suporte por três caminhos diferentes de desenvolvimento e demonstração: demonstrações avançadas de reatores, que devem levar a um reator nuclear avançado totalmente funcional dentro de sete anos após o financiamento; redução de risco para demonstrações futuras, que apoiará até cinco equipes adicionais, resolvendo desafios técnicos, operacionais e regulatórios para se preparar para futuras oportunidades de demonstração; e Advanced Reactor Concepts 2020 (ARC 20), que apoiará projetos inovadores e diversos com potencial para serem comerciais em meados da década de 2030.

O ARDP também irá alavancar o National Reactor Innovation Center (NRIC) para testar e avaliar as tecnologias, no Laboratório Nacional de Idaho.   Ele fornece aos desenvolvedores do setor privado acesso aos ativos e infraestrutura do laboratório nacional dos EUA para apoiar o teste e a demonstração dos conceitos de reator e avaliar seu desempenho, ajudando a acelerar o licenciamento e a comercialização.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of