ESTALEIRO CHINÊS CONCLUI A CONSTRUÇÃO DO FPSO CARIOCA, QUE PARTE RUMO AO BRASIL

Carioca-MV30Um novo “Made in China” para a costa brasileira. O estaleiro Cosco Dalian concluiu a construção do FPSO Carioca MV30 para a japonesa Modec. O navio-plataforma será instalado no campo de Sépia, na Bacia de Santos, em lâmina d’água de aproximadamente 2.200 metros. O início de produção da unidade será no próximo ano. A plataforma agora começou a sua movimentação para o Brasil. O trajeto da China até o nosso país deve durar cerca de dois meses.

Recentemente, como já havíamos noticiado, a Petrobrás (operadora do campo de Sépia) solicitou ao Ibama a licença de operação do navio-plataforma. O casco da embarcação foi convertido em FPSO a partir do petroleiro Flandre. Com a entrega da unidade, os chineses de Cosco Dalian somam agora 10 FPSOs produzidos para a Modec.

O navio Carioca MV30 tem capacidade de processar 180 mil barris de petróleo bruto por dia e 6 milhões de m³/dia de gás natural. O projeto do campo de Sépia contempla a interligação de até 15 poços à plataforma. O contrato de afretamento prevê que a Modec irá operar o navio para a Petrobrás durante um período de 21 anos. Este será o 13º FPSO / FSO que o grupo japonês vai fornecer no Brasil, assim como o sexto FPSO da empresa no pré-sal.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of