FERIADO DA INDEPENDÊNCIA SERÁ MARCADO POR MANIFESTAÇÕES PELO BRASIL

PHCV75MUJG5BOZGWHYFOWBW4GIEste 7 de setembro promete ser um dos feriados mais movimentados da história política do Brasil dos últimos 200 anos, desde quando D. Pedro I deu o grito da independência do país às margens do Rio Ipiranga, em 1822. O dia será marcado por grandes manifestações nas principais cidades do país, com especial destaque para Brasília e São Paulo, onde são esperadas as maiores aglomerações. A maior parte do atos será a favor do governo de Jair Bolsonaro e de pautas defendidas pelo presidente, como o voto impresso e o impeachment de ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) –  em especial Luís Roberto Barroso e Alexandre de Moraes.

Em São Paulo, a Polícia Militar do estado colocará 4 mil agentes nas ruas para acompanhar e garantir a segurança durante os atos. Serão ao menos 1.400 viaturas, seis caminhões blindados, três veículos lançadores de água, 20 cães farejadores, 100 cavalos e seis drones. O principal evento da capital acontecerá no coração financeiro de São Paulo, a Avenida Paulista. A cerca de 6 km dali, no Vale do Anhagabaú, haverá também uma manifestação contrária ao presidente e, por isso, haverá uma atenção especial das forças de segurança para evitar qualquer confronto entre os manifestantes.

bolsonaro-apoiadores-868x644

Bolsonaro falou ontem (6) com apoiadores que já estavam em Brasília para participar de atos de hoje

Enquanto isso, em Brasília, a Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) fará linhas de revistas pessoais e bloqueios nas principais vias da Esplanada dos Ministérios e proximidades da Torre de TV. Na capital federal já havia registros, desde o último final de semana, de acampamentos montados por simpatizantes de Bolsonaro que participarão dos atos de hoje. Manifestantes favoráveis ao presidente também devem realizar atos em outras capitais, como Rio de Janeiro, Manaus, Salvador, Cuiabá, Belém, Curitiba, Aracaju, Porto Alegre e Natal. Ainda são esperados outros atos com menor contingente de pessoas pelo interior do país.

O presidente Bolsonaro deve participar apenas das manifestações de São Paulo, na Avenida Paulista, e em Brasília, na Esplanada dos Ministérios, onde deve discursar para seus apoiadores. A expectativa é que a fala replique o tom de declarações recentes, defendendo o voto impresso e acusando ministros do STF de atuarem fora da Constituição.

No mercado financeiro, à véspera dos atos de hoje foi de relativa tranquilidade, ainda sem refletir qualquer variação brusca em virtude do intenso cenário político. Em virtude do feriado do Dia do Trabalho nos Estados Unidos, a sessão na Bolsa de Valores teve um volume de negócios reduzido. O Ibovespa fechou a segunda-feira com alta de 0,75%. Há muita expectativa também em relação à abertura do pregão de amanhã (8), que refletirá uma leitura do mercado financeiro sobre as manifestações de hoje.

1
Deixe seu comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Pedro Tavares Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Pedro Tavares
Visitante
Pedro Tavares

Ihuuu!