GE RENEWABLE ENERGY E SPIC BRASIL VÃO MODERNIZAR A USINA HIDRELÉTRICA DE SÃO SIMÃO, NA DIVISA DE MINAS E GOIÁS

Cláudio TrejgerA divisão de Hydro da GE Renewable Energy assinou um contrato com a SPIC Brasil para liderar o projeto de modernização das unidades geradoras e serviços auxiliares da Usina Hidrelétrica São Simão. Localizada na divisa de Minas Gerais com Goiás, entre os municípios de Santa Vitória (MG) e São Simão (GO). A usina possui seis unidades geradoras, que entregam até 1.710 MW, energia suficiente para abastecer 6 milhões de residências. O contrato prevê o fornecimento de equipamentos para as turbinas, geradores e sistemas auxiliares, além de toda a engenharia de projeto e integração, montagem e comissionamento das seis unidades geradoras. O projeto contará com o apoio da Powerchina, que integra o consórcio liderado pela GE para execução do projeto. Ela será  responsável pelo fornecimento dos sistemas BOPsao simao elétricos e mecânicos, SDSC e hidromecânicos.

Cláudio Trejger, Presidente e CEO da divisão de Hydro da GE Renewable Energy na América Latina disse que a modernização das hidrelétricas, principal fonte de energia limpa e renovável no Brasil há décadas, é essencial para acelerar a transição energética. “Com mais esse projeto, reafirmamos nosso compromisso de apoiar a geração de energia limpa, acessível e confiável para milhões de brasileiros. Nossos times trabalham para otimizar as operações das usinas e melhorar sua disponibilidade para nossos clientes, a fim de que eles possam aproveitar o máximo de seus ativos e dos recursos disponíveis para atender à demanda de eletricidade no país”, completou.

Adriana WaltrickPara Adriana Waltrick, CEO da SPIC Brasil, “A modernização prepara a Usina Hidrelétrica São Simão para o futuro, reforçando a   eficiência e confiabilidade do nosso principal ativo de geração de energia renovável no país, e que está sendo equipado com a mais moderna tecnologia. A usina está situada em uma importante e estratégica região de fluxo eletro-energético, sendo uma fonte importante para o sistema nacional de geração de energia.” A execução do projeto tem duração prevista de nove anos, contemplando todo o ciclo de engenharia, desenvolvimento, integração, fornecimento, montagem e comissionamento. As etapas de aquisição de componentes e fabricação de equipamentos acontecerão na unidade da GE Renewable Energy em Taubaté (SP) e em fornecedores parceiros, gerando oportunidades para outras empresas que atuam na indústria hidrelétrica e um impacto positivo para a cadeia produtiva do setor no Brasil e fora do país.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of