GRUPO BELENUS CONTRATA A SOLPRIME PARA FAZER A INSTALAÇÃO DE UMA USINA SOLAR NO TETO DA EMPRESA EM VINHEDO | Petronotícias





GRUPO BELENUS CONTRATA A SOLPRIME PARA FAZER A INSTALAÇÃO DE UMA USINA SOLAR NO TETO DA EMPRESA EM VINHEDO

belanusUma pesquisa da CNI revelou que 54% das indústrias têm interesse em adotar a geração solar como fonte de energia para os próximos dois anos. A busca pela sustentabilidade e economia tem impulsionado empresários do setor industrial a optar pela instalação de sistemas fotovoltaicos. Além disso, outro fator deve pesar para esta decisão da indústria: a projeção da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) de alta de 5,6% na conta de energia para 2024. O Grupo Belenus, empresa líder na América Latina na produção de fixadores, ferragens, ferramentas para construção civil e energia solar, está instalando uma usina solar no telhado da unidade fabril de Vinhedo (SP). A nova usina, que está sendo implantada pela rede de franquias Solarprime, possui 2.232 módulos de 550W instalados, totalizando 1.227 MW de potência.

Os módulos estão no telhado da fábrica em uma área de cerca de 5,8 mil m². Com a instalação da usina solar, a previsão será a geração mensal decampo aproximadamente 150.422 kWh. Toda a energia gerada pela usina solar será utilizada para atender parte do consumo do novo prédio do grupo, que foi construído recentemente para o setor administrativo. A expectativa é que o Grupo Belenus também possa ter ganhos de capital no futuro com a instalação da nova usina solar e uma economia na conta de energia de aproximadamente 30%. “Nós da Solarprime ficamos responsáveis por entregar um projeto ousado que SOL 2proporcionasse economia e ganhos financeiros para a Belenus, que agora terá uma geração própria de energia, não precisando mais recorrer ao mercado livre“, disse Mário Campo Grande (foto à direita), CEO da Solarprime.

O Grupo Belenus também irá utilizar o case da unidade fabril como uma “vitrine” para atrair novos clientes à Belenergy, distribuidora de produtos fotovoltaicos. “Além disso, optar por energia limpa e sustentável irá agregar valor de mercado ao grupo Belenus e a vida útil do sistema é longa, o que irá proporcionar mais economia a médio e longo prazo“, explicou Campo Grande. Os investimentos para a instalação da usina solar giraram em torno de 3 a 4 milhões de reais. “Por ser uma usina instalada no telhado da empresa e não um sistema de solo, não houve a necessidade de se fazer terraplanagem e fundação do terreno com pilares de sustentação da estrutura de fixação dos módulos. Esta é uma ótima opção para as indústrias em geral, que podem aproveitar a estrutura dos próprios galpões e obter umaSOL 1 economia considerável nos investimentos com a infraestrutura das usinas solares“, reforça o CEO do Grupo Belenus, João Marcos Lucas (foto principal).

A usina solar no Grupo Belenus é equipada com inversores on-grid e híbridos, além de banco de baterias. São 1 MW de potência de inversores on grid e mais sete híbridos. Pelo fato da usina ter uma parte de equipamentos on-grid e outra de equipamentos híbridos, no momento em que a energia da rede concessionária ou do mercado livre não for utilizada, todas as cargas conectadas nos inversores híbridos serão alimentadas por bancos de baterias. “Com isso, as cargas prioritárias permanecerão funcionando mesmo que exista algum problema de queda na energia da rede de distribuição“, acrescenta Rodrigo Almeida, chefe de engenharia da Solarprime e responsável pela instalação da usina solar. A expectativa é que a usina solar entre em operação ainda no segundo semestre deste ano.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of