GRUPO FICTOR INVESTE NA PRODUÇÃO DE ENERGIA SOLAR NO CORAÇÃO DA AMAZÔNIA CONSTRUINDO DUAS USINAS FOTOVOLTAICAS

rafaelO Grupo Fictor, uma holding de participação e investimentos especializada em gestão empresarial, acaba de criar uma divisão focada no segmento de energia. O objetivo dessa divisão é desenvolver projetos que equilibrem os interesses econômicos da empresa e promovam benefícios ao consumidor final, sempre alinhados com as ações de Environmental, Social and Governance (ESG). A Fictor Energia utilizará toda a expertise da holding para identificar projetos de energia renovável e infraestrutura que ofereçam benefícios econômicos, sociais e ambientais. Essa abordagem será baseada em análises criteriosas de oportunidades de investimento e no desenvolvimento de parcerias estratégicas para maximizar o potencial de cada empreendimento. Uma das principais ações do Grupo Fictor é a joint venture com o grupo Enerwatt, que tem como objetivo executar projetos estratégicos no plano de transição energética do governo, com foco na descarbonização da Amazônia. Como parte dessa parceria, a divisão de energia será responsável pela criação e administração de usinas de geração de energia limpa em parceria com a VPower, uma produtora independente de energia local listada na Bolsa de Valores de Hong Kong.

A construção de duas usinas fotovoltaicas em São Gabriel da Cachoeira e Autazes, no estado do Amazonas, já está em andamento. Essas usinas substituirão em até 40% a

São Gabriel da Cacheira-AM

São Gabriel da Cacheira-AM

capacidade de geração das termelétricas a diesel presentes nessas regiões, contribuindo para uma matriz energética mais limpa e sustentável. A previsão é que as usinas estejam operando até dezembro deste ano, como explica Rafael Góis, CEO do Grupo Fictor:  “Acreditamos firmemente que investir em projetos sustentáveis não apenas impulsiona resultados positivos para nossos acionistas, mas também contribui para um futuro mais verde e justo para todos. Nossa nova área de investimento está estrategicamente focada nesses valores fundamentais, com o objetivo de promover soluções sustentáveis e impulsionar a transição energética.” Além disso, a holding está comprometida com a implementação das melhores práticas ESG em todas as fases dos projetos. Isso inclui considerações rigorosas sobre sustentabilidade, eficiência energética e mitigação de impactos ambientais. A Fictor Energia diz que  buscará substituir parte da geração de energia que atualmente é feita a partir de combustíveis fósseis por geração de energia proveniente de fontes solares, além de reduzir os efeitos das obras na fauna e flora local, estabelecendo um forte solarengajamento com as comunidades locais.

Estima-se que as duas usinas fotovoltaicas do Amazonas produzirão mais de 7 mil MWh de energia, reduzindo as emissões de CO² em mais de 5 mil toneladas já no primeiro ano de operação. Segundo Góis, a empresa está realizando um levantamento de todos os impactos ambientais gerados por seus projetos, além da definição de planos de monitoramento, mitigação e compensação que afetam diretamente os negócios da companhia. “Nosso foco na sustentabilidade e responsabilidade empresarial nos diferencia no mercado. Ao investir em projetos que equilibram retornos financeiros sólidos com benefícios ambientais e sociais, buscamos ser uma força impulsionadora na transformação do setor de energia e infraestrutura. Estamos confiantes de que, ao seguir essa abordagem estratégica e sustentável, não só alcançaremos resultados positivos dentro de nossa empresa, mas também contribuiremos para um futuro mais próspero, equitativo e sustentável para todos“, conclui Góis.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of