INDORAMA VENTURES CONSOLIDOU A AQUISIÇÃO DA OXITENO EM 2023 E AGORA MIRA EM NOVOS PROJETOS NO ANO DE 2024

Vinicius-Vasques-indorama-fotoDepois de ter concluído a compra da Oxiteno, a companhia química global Indorama Ventures usou o ano de 2023 para consolidar a aquisição e experimentar os resultados dessa operação. Um dos efeitos sentidos foi a expansão do portfólio de produtos e serviços e o fortalecimento de sua divisão Óxidos e Derivados Integrados (IOD). Além disso, a aquisição ajudou também a ampliar a presença global da companhia. Na edição de hoje (19) da nossa série especial Perspectivas 2024, o gerente de Field Marketing Vinicius Vasques (foto principal) e o gerente de TS&D e Inovação Rafael Fernando Ungarato (foto abaixo, à direita) falam sobre as projeções da companhia para o próximo ano. Os executivos afirmam que a Indorama quer aumentar cada vez mais a sua presença nos mercados em que atua ao redor do mundo. Com a aquisição da Oxiteno, o grupo expandiu sua presença global para 135 locais em 34 países. “Desta forma, como líder na produção de surfactantes e especialidades químicas nas Américas, em 2024, a Indorama Ventures continuará a utilizar a sua profunda expertise técnica, amplo portfólio e excelência operacional para melhor atender seus clientes”, disse Vasques. A empresa também quer participar do processo de transição energética, conforme explica Ungarato, ao direcionar “recursos no desenvolvimento de soluções para o setor de biocombustíveis do futuro, como o SAF (Sustainable Aviation Fuel) e o Etanol de Segunda Geração”.

Como foi o ano de 2023 para os negócios da empresa?

Rafael-Ungarato-indoramaRafael – O ano de 2023 foi extremamente importante para a divisão de Óxidos e Derivados Integrados (IOD) da Indorama Ventures, pois foi o ano que a empresa consolidou a aquisição das operações da Oxiteno. Como resultado desta incorporação, passamos a oferecer um portfólio mais diversificado e integrado de cerca de 2.500 produtos, incluindo soluções de surfactantes de alto valor e inovadoras. A diversificação das geográficas também ajudou a aumentar a estabilidade e a resiliência da companhia.

Também é importante pontuar que reforçamos o nosso compromisso e esforços para ocupar um papel de protagonistas para o mercado com relação à transição energética ao direcionarmos recursos no desenvolvimento de soluções para o setor de biocombustíveis do futuro, como o SAF (Sustainable Aviation Fuel) e o Etanol de Segunda Geração. Além disso, lançamos recentemente o SURFCANE® AF 55, um poliglicól de alto desempenho desenvolvido para ser utilizado no controle da formação de espumas, atuando para modificar tanto a forma quanto o tamanho das bolhas na etapa de produção de etanol. Com isso, essa solução garante a máxima eficiência no volume de fermentação do reservatório, o que eleva a lucratividade da produção.

Outro ponto de destaque e que tem contribuído de maneira significativa com os negócios foi o lançamento do Innovability 2022: IOD Pathway to the future, relatório de progresso de sustentabilidade. O documento demonstra quanto a divisão IOD da Indorama Ventures intensificou seus esforços para atender à Estratégia de Sustentabilidade e cumprir com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) da ONU. Nele, é possível conferir quais metas estipuladas para 2030 já foram alcançadas pela empresa.  

Qual o conselho que a empresa daria ao governo com o objetivo de melhorar os negócios?

Planta da Oxiteno em Camaçari

Planta da Oxiteno em Camaçari

Rafael – A Indorama Ventures está totalmente convicta do seu papel na construção de um mundo melhor para a nossa e as próximas gerações. Nossas unidades ao redor do mundo têm trabalhado em conjunto para minimizar nosso impacto ambiental e reduzir a emissão de CO2.

Sendo assim, a Indorama Ventures reforça seu desejo de continuar a apoiar os governos municipais e estaduais – nas localidades onde possui operações – além do federal, para avançarmos juntos em busca de um desenvolvimento sustentável. Nossa companhia evolui cada dia mais na criação de soluções modernas por meio do conceito de Innovability, que une inovação e sustentabilidade para promover resultados eficientes tanto para a empresa como para a sociedade.

Vale destacar que a Indorama Ventures participou, recentemente, da COP 28, o mais importante evento de combate à mudança climática, com o objetivo de colaborar ativamente dos debates e aumentar a sua rede de contatos, de forma que possa contribuir cada vez mais com este tema.  Foi a primeira vez em que nossa empresa marcou presença no evento, mais uma ação que vai ao encontro do nosso propósito, o de “Reimaginar a Química Juntos para Criarmos um Mundo Melhor”.

O que mais atrapalhou -se atrapalhou- o desenvolvimento dos negócios da empresa este ano?

dc-Cover-qevoblsqahgp24shc6v5tgi512-20190822012915.MediVinícius –  Vivenciamos um novo momento econômico, que, somado às incertezas geopolíticas e ambientais, permeou com muitas expectativas e incertezas o ano de 2023. No entanto, ressaltamos que o EBITDA principal da Indorama Ventures para o ano de 2022 aumentou 31% ano a ano, para US$ 2,3 bilhões, e a receita aumentou 28%, para um recorde de US$ 18,7 bilhões. A divisão IOD da empresa alcançou 17% de margem EBITDA e US$ 4,2 bilhões em receita no ano globalmente.

Vale salientar que a Indorama Ventures é líder na produção de surfactantes e especialidades químicas nas Américas, e usa a sua profunda expertise técnica, amplo portfólio e excelência operacional para melhor atender seus clientes. Nós trabalhamos para oferecer soluções diferenciadas, aliando performance e competitividade. Dessa maneira, acreditamos que este seja o momento de as empresas se reinventarem e trazerem soluções mais eficientes, de maior valor agregado e sustentáveis.

Quais as perspectivas da empresa para 2024?

sobre-oxiteno2Vinícius – A Indorama Ventures sempre atua de forma estratégica na busca por aumentar cada vez mais a sua presença nos mercados em que atua ao redor do mundo.

A aquisição estratégica da Oxiteno, em 2022, deu início a um novo potencial de crescimento para o segmento IOD, alinhado à “Visão 2030” da empresa de construir sua liderança no setor em sustentabilidade em toda a sua cadeia de valor integrada.

Como resultado desta transação altamente complementar, a empresa aumentou sua presença global para 135 locais em 34 países, tornando-se um player global líder em mercados de surfactantes de alto valor. A aquisição do negócio de surfactantes da Oxiteno ampliou o perfil de crescimento da IOD para produtos de marca com maior margem de lucro e inovação, que estão mais próximos dos consumidores finais.

Desta forma, como líder na produção de surfactantes e especialidades químicas nas Américas, em 2024, a Indorama Ventures continuará a utilizar a sua profunda expertise técnica, amplo portfólio e excelência operacional para melhor atender seus clientes. Também seguirá oferecendo soluções diferenciadas, aliando performance e competitividade. A empresa acredita que este é o momento de as empresas se reinventarem e trazerem soluções mais eficientes, de maior valor agregado e sustentáveis.

Por fim, a Indorama Ventures adianta que marcará presença na edição da Rio Oil & Gas 2024, juntamente com o seu portfólio completo de Energy & Resources. A expectativa é a de que, assim como na edição anterior, a companhia aproveite a visibilidade de um dos maiores eventos de energia do mundo para reforçar a marca e seguir estreitando relacionamento com seus clientes.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of