MEGA LICITAÇÃO PARA MANUTENÇÃO DE PLATAFORMAS DA PETROBRÁS TERÁ ABERTURA DE ENVELOPES EM DEZEMBRO

3-FPSO-P-63Uma nova oportunidade que promete movimentar – e muito – a cadeia de prestadores de serviços de óleo e gás do Brasil neste final de 2020. A Petrobrás lançou no mercado uma mega licitação para serviços de manutenção e reparação de plataformas marítimas da sua Unidade de Negócios da Bacia de Campos. Nos últimos dias, a estatal mudou para 7 de dezembro a abertura dos envelopes com as propostas das concorrentes – anteriormente, a data estava marcada para outubro. A licitação está dividida em quatro lotes que, somados, chegam a um orçamento referencial de R$ 1,968 bilhão. A abrangência da disputa será nacional e ocorrerá no modo fechado.

No lote 1, a Petrobrás está oferecendo dois contratos para atendimento às plataformas P-18, P-19, P-20, P-35, P-43, P-47, P-48, P-61 e P-63. Esse será o maior lote dentro da concorrência, com orçamento referencial estimado em R$ 734,8 milhões. As unidades desse grupo são dos campos de Marlim, Barracuda e Papa-Terra.

Em seguida, aparece o lote 2, que é o menor de todos, com orçamento de R$ 189,4 milhões. Neste grupo, estão plataformas que atualmente não estão produzindo: P-09, P-26, P-32, P-33 e P-37. A maior parte dessas unidades (com exceção da P-09) está com descomissionamento previsto a partir de 2021. Logo após, no lote 3, orçado em R$ 575,8 milhões, a vencedora irá atuar em cinco plataformas do campo de Marlim: P-38, P-40, P-51, P-53 e P-56. Por fim, o lote 4 tem orçamento referencial de R$ 498,4 milhões e será dedicado às plataformas que estejam em campanhas com Unidade de Manutenção e Segurança (UMS).

petrobrasOs contratos dos quatro lotes terão prazo de execução de 3 anos, contados a partir da data informada na autorização de serviços. Entre as diversas atividades previstas no escopo, estão serviços de estrutura, chaparia e grades de piso; instrumentação; preparação de superfície e aplicação de esquemas de pintura e revestimento; serviços em equipamentos; entre muitos outros. Os editais e documentação completa da licitação (7003229143) estão disponíveis no site da Petronect.

Ainda falando sobre manutenção em plataformas, a Petrobrás concedeu novos contratos recentemente dentro desse nicho de atuação. A escolhida da vez foi a empresa Engeman, que irá fazer manutenção preventiva e corretiva em sistemas de compressor de gás, geração de energia elétrica e equipamentos dinâmicos. Os trabalhos vão ser realizados até o final de 2024 e abrangem 11 plataformas. No campo de Búzios, na Bacia de Santos, as atividades acontecerão nas unidades P-74, P-75, P-76, P-77. Já na Bacia de Campos, as plataformas envolvidas no contrato são P-40, P-43, P-48, P-51, P-53, P-56 e PRA-1.

Além de trabalhos em plataformas de produção, a Petrobrás também está com oportunidades de negócios no refino. Conforme noticiamos, a estatal lançou recentemente uma licitação para contratação de serviços técnicos de manutenção para a Unidade de Tratamento de Gás (UTG) do Polo Gaslub Itaboraí (anteriormente chamado de Comperj). A abertura dos envelopes da concorrência está marcada para o dia 4 de dezembro.

1
Deixe seu comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
0 Comment authors
Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
trackback

[…] de integridade de unidades existentes. Mais cedo, o Petronotícias informou sobre uma mega licitação para manutenção e reparo de plataformas na Bacia de Campos. A concorrência envolve muitas unidades que atualmente […]