MERCADO LIVRE NEGOCIOU 50% DO TOTAL DE ENERGIA RENOVÁVEL GERADA NO BRASIL EM 2021

Abraceel, Alexandre LopesO mercado livre de energia no Brasil comercializou 50% da energia renovável gerada no país em 2021 , segundo dados revelados pela Associação Brasileira dos Comercializadores de Energia (Abraceel). Isso representa um crescimento de 30% nos últimos 12 meses. A entidade afirmou ainda que o número de comercializadores no País também subiu – de 389 para 451 em 2021. Assim, essas empresas passaram a fornecer 65% de toda a energia transacionada no mercado livre e 39% de toda a energia negociada no país.

O modelo de comercialização do mercado livre gera incentivo para fontes alternativas de geração, em especial diante da crise hídrica que o mercado enfrenta. No momento, cerca de 35% do consumo do Mercado Livre vem de eólicas, biomassa, PCHs e solar. A possibilidade de fazer essa escolha dá ao consumidor mais segurança, por não depender exclusivamente das hidrelétricas”, declarou o vice-presidente de energia da Abraceel, Alexandre Lopes.

A associação diz também que o consumo no mercado livre de energia cresceu cerca de 6,1% nos últimos 12 meses, chegando a 35% de toda a energia consumida no Brasil. Durante esse intervalo, 5.412 novas unidades consumidoras migraram para esse sistema, o que equivale a um aumento de 26%. A indústria é responsável por 85% do consumo no mercado livre, com destaque para os setores de Saneamento e Serviços.

A crise hídrica foi um dos fatores que mais impactou o mercado de energia em 2021, aumentando custos de geração e inflando as tarifas do mercado regulado. Mesmo nesse contexto, os consumidores livres pouparam até 47% nos custos de energia. A tarifa de energia média das distribuidoras ficou em 332 R$/MWh em novembro de 2021, enquanto o preço de longo prazo do mercado livre ficou em uma média de 177 R$/MWh”, afirmou a Abraceel.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of