MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA CLASSIFICA COMO PRIORITÁRIO O PROJETO DO NOVO FPSO DO CAMPO DE ATLANTA

FPSO Atlanta

FPSO Atlanta

O Ministério de Minas e Energia deu o selo de “prioritário” ao projeto de implantação do novo FPSO do campo de Atlanta, da Enauta, localizado na Bacia de Santos. Para lembrar, a nova plataforma será usada no sistema definitivo de produção do campo. O FPSO OSX-2 (rebatizado como FPSO Atlanta), que será usado no sistema de produção definitivo, terá capacidade para produzir 50 mil barris de petróleo e processar 140 mil barris de água por dia.

Ao ser classificado como prioritário, conforme definido pelo Decreto nº 8.874, de 2016, um determinado projeto pode emitir as chamadas debêntures incentivadas – criadas pela Lei nº 12.431/2011 com o objetivo de viabilizar a construção de um mercado primário de financiamento de longo prazo como fonte complementar. Uma vez aprovados os projetos como prioritários, a empresa responsável pelo projeto pode tomar as providências para emitir as debêntures incentivadas para financiar o empreendimento.

A aprovação do Sistema Definitivo de Atlanta como projeto prioritário foi publicada hoje no Diário Oficial da União. O FPSO deve entrar em operação até junho de 2024. O projeto de desenvolvimento de Atlanta prevê a perfuração de dez poços produtores distribuídos em diferentes etapas.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of