Megabanner

MIT VAI USAR COMBUSTÍVEL TRISO-X EM SEU REATOR DE PESQUISAS AINDA ESTE ANO

ssffO combustível TRISO-X da X-energy deve ser irradiado no reator de pesquisa do Laboratório de Reatores Nucleares do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT). Os dados dos testes de irradiação serão utilizados para apoiar o licenciamento do Xe-100 da X-energy e de outros reatores. A irradiação de combustível está programada para ocorrer ainda este ano, informou a empresa, que sede na cidade de Maryland: “Esta pesquisa com o MIT fornecerá confirmação do desempenho e da qualidade do nosso combustível TRISO-X”, disse Clay Sell, CEO da X-energy.

As partículas isotrópicas tri-estruturais – TRISO – combustível nuclear, usadas como combustível para reatores de alta temperatura, foram desenvolvidas há mais de 60 anos. Cada partícula de combustível contém um núcleo de óxido / carboneto de urânio, envolto em camadas de carbono e cerâmica que impedem a liberação de radioatividade. Estes são então fabricados em blocos de grafite ‘seixos’ ou hexagonais. O combustível do tipo seixo proprietário da X-energy, TRISO-X, sela partículas de urânio em um revestimento protetor, que a empresa afirma eliminar o risco de colapso associado às usinas nucleares tradicionais. Ela fabrica o TRISO-X há mais de três anos e é, até o momento, a única empresa dos Estados Unidos que produz ativamente o combustível TRISO.

O vice-presidente de produção de combustível da empresa, Pete Pappano, descreveu o primeiro teste de irradiação como um “marco incrível” para a equipe. Os dados do projeto permitiriam o licenciamento do pequeno reator modular   Xe-100 da empresa , disse ele. O SMR de 200 MWt (75 MWe) utilizará o combustível TRISO-X. A X-energy era uma das três empresas – as outras sendo a BWX Technologies Inc e a Westinghouse Government Services – selecionadas no início deste ano pelo Departamento de Defesa americano para iniciar o trabalho de design de um protótipo de reator nuclear móvel.

O reator MITR de 6 MW do Laboratório de Reatores Nucleares do MIT, construído em 1956 e atualizado em 1974, é o segundo maior reator de pesquisa universitária nos EUA. O reator nuclear, refletido em água pesada, resfriado a água leve e moderado, produz uma densidade de potência média de 70 kW por litro.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of