MODERNIZAÇÃO DA LIGHT FAZ EMPRESA CRESCER E ATENDER OS CLIENTES COM MAIS EFICIÊNCIA

light 4A Light está aumentando os investimentos na modernização e automação de seus sistemas para garantir o fornecimento de energia de qualidade e de forma eficaz. Nos últimos cinco anos foram mais de R$ 4 bilhões destinados à modernização de sistemas e compra de novos equipamentos. Deste total, foram destinados R$ 150 milhões na automação do sistema elétrico, tecnologia já implementada na maioria de seus circuitos de distribuição, beneficiando um total de 1,5 milhão de clientes. Estes investimentos em tecnologia têm gerado resultados positivos à Light e melhorado a qualidade do fornecimento de energia para seus clientes, um dos principais pilares da companhia. De acordo com  a  Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel), a Light ocupa a segunda posição entre as distribuidoras com mais de um milhão de clientes nos indicadores de Duração Equivalente de Interrupção de Origem Interna por Unidade Consumidora e Frequência Equivalente de Interrupção de Origem Interna por Unidade Consumidora Este é o melhor resultado da distribuidora nos últimos 20 anos

sergiioO Superintendente de Operação e Serviço de Rede da Light, Sergio Carvalho (foto à direita), explica que as inovações buscadas pela empresa aumentam a confiabilidade do sistema, trazem mais qualidade no fornecimento de energia para os clientes e ao mesmo tempo, reduzem os custos operacionais: “Com a automação da rede, é possível detectar falhas no sistema e isolar, parcialmente, o trecho com defeito, possibilitando o restabelecimento do fornecimento de energia para uma maior quantidade de clientes até que a eventual ocorrência seja solucionada.”

light5Até outubro deste ano, a Light conseguiu restabelecer cerca de 85% dos clientes impactados em menos de três minutos em função destas tecnologias. A Light também vem implementando, ao longo dos anos, sistemas inteligentes automáticos de tomada de decisão que atuam tanto na configuração da rede de distribuição. Reconfiguração automática de carga, quanto na transferência de carga entre os alimentadores de suas subestações garantindo, o reestabelecimento do fornecimento de energia para seus consumidores de forma rápida e segura, em casos de interrupções. Além do Rio de Janeiro, a Light equipou a sua rede de distribuição com o Self-Healing em cidades do Vale do Paraíba, como Volta Redonda, Barra do Piraí e Barra Mansa e municípios da Baixada Fluminense,  como Duque de Caxias e Nova Iguaçu.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of