MRV INAUGURA UMA USINA DE GERAÇÃO SOLAR NA CHAPADA DIAMANTINA, NO SEMIRÁRIDO DA BAHIA | Petronotícias





MRV INAUGURA UMA USINA DE GERAÇÃO SOLAR NA CHAPADA DIAMANTINA, NO SEMIRÁRIDO DA BAHIA

rafaelA cidade de Lapão, localizada na Chapada Diamantina, região do semiárido baiano, dispõe agora de um novo parque gerador de energia, capaz de suprir o consumo mensal de eletricidade de 12 mil habitantes. É  uma usina fotovoltaica, de propriedade da MRV, que entrou em operação e promete gerar uma economia superior a R$ 300 mil/ano, somente através da energia captada do sol. A maior parte será destinada ao abastecimento de unidades da construtora, como obras, escritórios, lojas e demais estruturas físicas presentes. Mas, até o final do ano, uma parcela de clientes da companhia também poderá ser beneficiada. Com mais de 800 painéis fotovoltaicos, instalados em uma área de 3.200 m², estima-se a geração de 490 MWh/ano no local. O volume é suficiente para abastecer quase metade da população de Lapão,  que tem 27 mil moradores. É a segunda usina solar inaugurada pela MRV. A primeira fica em Uberaba (MG) e está em operação desde novembro de 2021, gerando mais de 1.000.000 kWh/ano,  o suficiente para suprir o consumo 25 mil habitantes de uma cidade, por mês.

DCIM100MEDIADJI_0081.JPG

DCIM100MEDIADJI_0081.JPG

Para o município, além da oferta de energia limpa e barata, a usina contribuirá para o aumento de suas receitas, assim como para geração de empregos e, sobretudo, para melhorar a assistência prestada a crianças que vivem em situação de vulnerabilidade social. O arrendamento da área ocupada pela usina será integralmente revertido para o Instituto Água Viva, que atua em regiões de extrema pobreza do sertão nordestino,  onde inclui-se o município de Lapão, que tem um dos mais baixos índices de IDH do país (0,596), com renda per capta próxima de ½ salário-mínimo.

DCIM100MEDIADJI_0073.JPG

DCIM100MEDIADJI_0073.JPG

Para Raphael Lafetá, diretor executivo de Relações Institucionais e Sustentabilidade da MRV, além do desenvolvimento ambiental proporcionado pela geração de energia solar, a MRV também busca o desenvolvimento social das áreas em que atua. “A construção dessa usina está alinhada a esse pensamento, que também coaduna com os Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS), apresentados pela ONU para a próxima década”, disse. Ele destaca que a companhia é signatária do Pacto Global da ONU e tem entre seus compromissos a redução das emissões dos gases de efeito estufa e a obtenção de energia renovável, a partir do cumprimento de metas fixadas até 2030. “Esses compromissos também agregam ações de cunho social, e a usina reúne tudo isso. Ela sem dúvida será um elemento de grande transformação social e ambiental“, acrescentou. Embora já em operação, a usina permanecerá em fase de testes até o próximo dia 26. Até lá, uma equipe de técnicos ficará incumbida de avaliar permanentemente o funcionamento dos equipamentos, de modo a assegurar o pleno funcionamento de todos.

1
Deixe seu comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
Roosevelt regis Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
Roosevelt regis
Visitante
Roosevelt regis

Tenho uma fazenda na chapada próximo a mucuge , a 8 km da subestação de energia coelba , área plana e sem nascente na propriedade, cerca de 300 hectares, quero locar a terra para empresas interessadas em implantar empresa de geração de energia solar. Contato: roosevelt regis cel: 71991541752 email: roosevelt.regis13@gmail.com