NA CONTRAMÃO DO MERCADO EM FUNÇÃO DA COVID, SERVTEC ANUNCIA INVESTIMENTOS DE R$ 210 MILHÕES EM 22 USINAS SOLARES

sdsdsdO Grupo Servtec Energia anunciou um investimento de R$ 210 milhões na construção 22 usinas de geração solar em 10 estados brasileiros, somando 54 MWp.  A energia gerada por estas usinas atenderá a contratos de longo prazo com empresas dos setores de telecomunicações, varejo, bebidas e postos de combustíveis. Todas as usinas deverão estar operacionais até dezembro de 2020. Esse é o maior investimento já realizado pela companhia no setor e a transforma em uma das líderes no segmento de Geração Distribuída solar do país.

Pedro Fiuza, CEO do Grupo Servtec Energia, disse que  “Nosso plano é continuar investindo em Geração Distribuída, por reconhecer o enorme benefício para o sistema elétrico e para a sociedade. Pretendemos chegar a 250MWp até o final de 2021. A geração descentralizada tem inúmeros benefícios, pois ao promover a geração próxima ao consumo alivia o sistema de transmissão de energia, Energia solaralém de ter sua origem numa fonte renovável e não poluente.”

O grupo entrou no segmento de Geração Distribuída no segundo semestre de 2019, com a implantação de quatro plantas solares, localizadas em São Paulo e na Bahia, também com contratos de longo prazo, investimento de R$ 68 milhões e geração de 15MWp. Com as novas usinas, a companhia chegará a um total de 69MWp solar instalada: “Ao investir em projetos de geração renovável, contribuímos para a diversificação da matriz energética brasileira, em linha com os interesses crescentes da sociedade pela migração para uma economia de baixa emissão de carbono e preservação do meio ambiente, avalia o CEO, e complementa: “Temos um plano robusto de crescimento, e mesmo em um cenário adverso, fruto do agravamento da pandemia de covid-19 no mundo, conseguimos construir com nossos parceiros soluções para mitigar os diversos riscos inerentes ao negócios.”

Para conhecer melhor, o  Grupo Servtec Energia iniciou suas atividades nos anos 1960, e vem atuando no segmento de geração de energia elétrica desde 1998. Com mais de 1.000 MW implantados nas diversas fontes, detém a participação numa usina térmica à gás no Amazonas, (Gera Amazonas 85MW), um térmica movida à óleo combustível no Maranhão (Gera Maranhão 330MW), sete usinas eólicas no Ceará que somam 151MW e uma Pequena Central Hidrelétrica no Mato Grosso, com 22MW de potência.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of