OCEAN WINDS E PRUMO LOGÍSTICA ABREM A BRAZIL WINDPOWER ANUNCIANDO UM GRANDE NEGÓCIO ENTRE AS EMPRESAS

FOTOA Brasil Windpower 2023 começa com o pé direito e já sendo palco de grandes negócios. A Ocean Winds (OW), empresa internacional dedicada à energia eólica offshore e criada como uma joint venture 50-50 em 2020 pela EDP Renewables e pela ENGIE globais, e a PRUMO LOGÍSTICA, um dos principais atores do setor de logística e infraestrutura no Brasil, uniram forças por meio de um Memorando de Entendimento (MoU) que reforça compromisso das duas companhias de impulsionar iniciativas de energia eólica offshore no país. O MoU foi formalizado hoje com a assinatura de Bautista Rodriguez, CEO da Ocean Winds, Mauro Andrade, diretor de Novos Negócios da PRUMO LOGÍSTICA, durante o primeiro dia do evento Brazil WindPower, consolidando a visão compartilhada para o futuro da energia eólica offshore no Brasil, em um momento em que o país pretende ter o marco legal da indústria até o final do ano.

windA parceria permitirá a troca de informações pertinentes relacionadas aos estudos destinados a analisar um projeto de energia eólica offshore dentro da área de influência do Porto do Açu. A OW e PRUMO estão comprometidas em expandir suas operações respetivas e otimizar os resultados como resultado dessa colaboração. Esse esforço conjunto envolve a execução de diferentes estudos críticos para projetos de energia eólica offshore, como estudos ambientais ou regulatórios, juntamente com avaliações de viabilidade financeira e técnica.

Para Mauro Andrade, Diretor de Novos Negócios da Prumo, a parceria evidencia que o Porto do Açu é o melhor ponto no país para a instalação destes projetos: “Assinar este acordo com a OW mostra que estamos avançando no objetivo de tornar o Açu a principal base de instalação, comissionamento, operação e manutenção para parques eólicos marinhos na Região Sudeste. A proximidade de futuros parques eólicos offshore. A logística e o suporte marítimo existente no porto que já wind plateiaserve a indústria de petróleo e gás  e que também servirá ao segmento de eólica offshore.  A instalação da cadeia de valor com turbinas, pás eólicas, cabos e torres, farão do Porto do Açu a infraestrutura mais competitiva para servir esta indústria emergente”.

Rafael Munilla, Diretor de Desenvolvimento de Negócios da Ocean Winds, disse que “Essa colaboração enfatiza o compromisso firme tanto da OW quanto da PRUMO em avançar no setor offshore no Brasil por meio dos processos mais eficazes e otimizados para projetos e portos. Essa parceria também destaca o compromisso da OW em fomentar o crescimento de uma nova e sustentável indústria no país, incentivando oportunidades locais e crescimento econômico por meio de uma colaboração com um stakeholder e empresa-chave dentro do Brasil, como a PRUMO.”

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of