EBSE, NUCLEP E FIRJAN SE REÚNEM NA OTC PARA QUALIFICAR FORNECEDORES DOS SETORES NAVAL, O&G, SANEAMENTO E NUCLEAR | Petronotícias





EBSE, NUCLEP E FIRJAN SE REÚNEM NA OTC PARA QUALIFICAR FORNECEDORES DOS SETORES NAVAL, O&G, SANEAMENTO E NUCLEAR

Marcelo Bonilha ( esquerda) e Henrique Cordeiro ( EBSE)

Marcelo Bonilha (à esquerda) e Henrique Cordeiro (EBSE)

HOUSTON – Por Fabiana Rocha – A EBSE, a maior caldeiraria privada do Rio de Janeiro, é uma das empresas que está aqui em Houston, na OTC Houston 2022, em busca de novos negócios. Para isso, o Presidente da companhia, Marcelo Bonilha, e um de seus gerentes de negócios, Henrique Cordeiro, tem uma agenda cheia nesses próximos dias. “Já chegamos com ampla agenda de negócios tomada”, disse Bonilha. “Estivemos aqui ontem, no primeiro dia, como você viu, e agora temos uma série de reuniões com empresas americanas de diversos segmentos no setor de petróleo”, acrescentou. O foco da EBSE é encontrar empresas, sejam americanas ou não, que agreguem valor às suas atividades no segmento de petróleo e gás. A empresa sempre participa desse evento porque vê as oportunidades surgirem, como as novas tecnologias sendo lançadas. Hoje (3) pela manhã, a EBSE, a Nuclep e Firjan realizaram uma reunião e tomaram uma decisão importante que vai mexer com o mercado de fornecedores para as indústrias Naval, Nuclear, Saneamento e Óleo  e Gás. As empresas e a federação decidiram realizar um evento e encontros para qualificar fornecedores para esses segmentos da indústria. Elas já estão prevendo a participação de empresas de todos os tamanhos que serão atraídas para este segmento.

Há dois anos, em função da pandemia, todos nós sofremos com o problema. E está sendo muito importante encontrar as pessoas, os empresários, dirigentes de outras companhias, sem máscaras convivendo normalmente. Em função deste intervalo, a feira deste ano, apresenta algumas boas novidades que estamos acompanhando para levar para o Brasil o que há de melhor”, disse Marcelo Bonilha.

– Suas reuniões de hoje são com quais empresas?

– Eu poderia dizer, mas como a companhia americana tem ações em bolsa, nos recomendou que evitasse qualquer especulação para que nãoWhatsApp Image 2022-05-02 at 16.02.59 atrapalhasse os negócios da empresa. Mas posso dizer que, neste caso, estamos negociando uma exportação brasileira de equipamentos desenvolvidos por nós, que estão com preços atrativos no mercado internacional em função do dólar. Posso dizer isso e nada mais.

– Este é o principal contato na feira ?

– Bem, todos os contatos são importantes. Cada um com foco em atividades diferentes. Vamos almoçar com outros dois diretores de uma empresa americana especializada em produção de módulos para plataformas. Estão surgindo oportunidades no Brasil e queremos sempre estar na vanguarda das tecnologias. A EBSE tem um parque fabril especial, emprega muita gente e quer continuar a fazer seu trabalho.

Almirante Seixas, Presidente da Nuclep, a esquerda em primeiro plano

Almirante Seixas, Presidente da Nuclep, à esquerda, em primeiro plano

– Como foi a reunião desta manhã na Firjan, aqui na OTC?

– Foi uma reunião muito proveitosa com o Almirante Seixas, Presidente da Nuclep e o Nicola Mirto Neto, que é o diretor Comercial da empresa, além do Henrique e do pessoal da Firjan. Decidimos realizar eventos para qualificar empresas fornecedoras para segmentos importantes no Rio de Janeiro, que estão em expansão, como o setores Naval, nuclear (com as obras de Angra 3), saneamento e a própria indústria de óleo e gás. São os segmentos que vão atrair negócios de várias ordens e que precisam de suporte. As grandes empresas operadoras desses setores precisarão de fornecedores importantes e capacitados. Este evento deverá ser na segunda quinzena de junho e terá uma participação fundamental da Federação das Indústrias do Rio de Janeiro.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of