PROGRAMA DE INOVAÇÃO DA ANDRADE GUTIERREZ USA SOLUÇÕES DE STARTUPS PARA TER MAIS EFICIÊNCIA NAS OBRAS DA COMPANHIA

andreO Vetor AG, programa de inovação aberta da construtora Andrade Gutierrez, atingiu a marca de mais de mil conexões com startups, além de ter acelerado mais de 25 iniciativas. Criado em 2018 com o intuito de trazer para as obras e áreas corporativas da construtora fornecedores com soluções inovadoras, o programa já passou por quatro ciclos de inovação. O 4º ciclo, em andamento, está na reta final e oito empresas já selecionadas terão seis meses para testarem suas soluções nas obras da Andrade Gutierrez. O foco desse ciclo são soluções voltadas à Engenharia 4.0 e as empresas selecionadas buscam resolver desafios de IoT, automação da construção, gestão remota e construção modular.

A Andrade Gutierrez sempre foi pioneira em inovação no nosso setor, mas foi em 2014 que iniciamos de forma efetiva essa trajetória. O primeiro passo foi a transformação de processos operacionais, com foco na excelência operacional e nas melhores práticas do mercado”, disse o Gerente de Inovação da Andrade Gutierrez e responsável pelo Vetor AG, André Medina. “Em 2017, tivemos o primeiro passo para trazer soluções de mercado para dentro da construtora, por meio do Digital Day, primeira iniciativa de inovação aberta da empresa. Neste dia, 20 startups apresentaram soluções para Linha de Transmissão”, completou.

Medina explica que o Digital Day buscava solucionar desafios específicos em obras pontuais da Andrade Gutierrez e que, a partir dele, a construtora viu a possibilidade de atingir todo o setor de engenharia e construção. “Foi então que, em 2018, decidimos criar o Vetor AG, para ser a porta de entrada para que soluções inovadoras sejam testadas nas maiores obras do Brasil, e realizamos o primeiro ciclo do programa. Estamos muito contentes com os resultados já obtidos. Vamos finalizar o 4º ciclo com oito empresas, de 190 inscritas, testando suas soluções nos canteiros de obras, com tecnologias inovadoras como sensores ultrassônicos, exoesqueleto vestível e sistema de aerolevantamentos para mapeamentos topográficos”, concluiu.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of