PROJETO DE TELHAS FOTOVOLTAICAS USANDO O GRAFENO ESPERAM CERTIFICAÇÃO PARA ENTRAREM NO MERCADO EM 2023

TELHA SOLARA Telite, empresa especializada na fabricação de telhas sustentáveis, está em fase de conclusão do projeto de telhas solares que ainda não estão disponíveis no mercado, mas já há uma procura pelo material. Isso porque ela é produzida com grafeno, um composto que é capaz de transformar luz solar em energia natural. Em processo de certificação, a previsão para as telhas solares estarem  disponíveis no mercado é para o ano que vem,  porém seis países já demonstraram interesse em comercializá-las e também já existe uma lista de espera para o material. Referência em economia circular, a empresa consegue permitir rastreabilidade para os setores de aço, papel, vidro e plástico, tudo com validação blockchain.

O grande diferencial da telha solar é ser produzida com material reciclado, com pastilha com base de grafeno onde cada telha tem capacidade para gerar até 150 kwh de energia natural, diminuindo o consumo de energia elétrica, sendo fácil de instalar, leve e com maior durabilidade, podendo ser reciclada no futuro. As telhas solares da companhia não precisam ter o telhado para colocar uma placa em cima, o que consequentemente traz uma economia a mais onde diminui o custo do material utilizado em 40%.

A Telite é uma indústria que transforma resíduos plásticos em telhas sustentáveis e agora está acoplando grafeno nas telhas para geração de energia solar, trazendo inicialmente o sistema Off-Grid, ou seja, um sistema composto de armazenamento de energia para utilização, assim é possível levar a residências na região da Amazônia, por exemplo, que ainda não dispõe de energia”, disse o CEO da empresa, Leonardo Retto.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of