TOTAL COMPRA BOA PARTE DE UM PROJETO DE PETRÓLEO EM UGANDA INCLUINDO O OLEODUTO DA ÁFRICA ORIENTAL

1000x-1A petroleira francesa Total vai  adquirir toda a participação da empresa Tullow no projeto de exploração de petróleo, em desenvolvimento no Lago Albert, em Uganda, incluindo o oleoduto da África Oriental (EACOP). De acordo com os termos do acordo, a Total  adquirirá a participação de 33,3% daTullow   em cada uma das licenças de projeto EA1, EA1A, EA2A, EA3A e do sistema EACOP. O preço a ser pago pela Total será de US$ 575 milhões, com um pagamento inicial de US$ 500 milhões no fechamento e os US$ 75 milhões restantes após a decisão final do investimento. Além disso, serão feitos pagamentos condicionais à Tullow relacionados à produção e ao preço do petróleo.

O presidente e CEO da Total, Patrick Pouyanné, disse que a empresa está satisfeita com a aquisição dos interesses do projeto de desenvolvimento de Lake Albert, pois está alinhada com a estratégia da Total de adquirir recursos de longo prazo a baixo custo: “Essa aquisição nos permitirá, juntamente com nosso parceiro a China National Offshore Corporation,  avançar o projeto em direção à decisão final de investimento, reduzindo os custos para entregar um projeto robusto a longo prazo.” Os termos do acordo foram discutidos com o governo ugandense e as autoridades fiscais  estão sujeitos à aprovação dos acionistas da Tullow, às aprovações regulatórias e governamentais habituais, bem como ao direito da CNOOC de exercer a preferência em 50% da transação.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of