VITRINE DO SETOR DE BIOCOMBUSTÍVEIS, FENASUCRO & AGROCANA BATE O RECORDE DE PÚBLICO E DE NEGÓCIOS | Petronotícias





VITRINE DO SETOR DE BIOCOMBUSTÍVEIS, FENASUCRO & AGROCANA BATE O RECORDE DE PÚBLICO E DE NEGÓCIOS

FENAO balanço geral da realização da 28ª Fenasucro & Agrocana confirmou o cenário otimista e o mercado promissor, incentivado pelas demandas de sustentabilidade, e superou a expectativa de geração de negócios ao alcançar um volume de R$ 5,2 bilhões, iniciados durante a feira que foi realizada em Sertãozinho, no interior de São Paulo. Com um público especializado e qualificado, em 2022, a Fenasucro & Agrocana também teve um incremento de 15% no número projetado de visitantes e aumento de 22% em relação à edição de 2019. Somando a isso, as rodadas de negócios internacionais – realizadas pelo Apla (Arranjo Produtivo Local do Álcool) e a ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos), por meio do Projeto Brazil Sugarcane Bioenergy Solution – atraíram compradores de mais de 10 países, contaram com mais de 460 reuniões e uma previsão de negócios em torno de US$ 70 milhões.

Para o diretor da feira, Paulo Montabone, os números expressivos reforçam o cenário promissor de que o setor de bioenergia vive umaFENA 1 escalada de investimentos com a geração de novos produtos, visto a demanda mundial cada vez mais forte por sustentabilidade. “Nesta edição mostramos como o Brasil é a vanguarda da tecnologia bioenergética ao expor o presente do setor, com o biogás, e apontar seu futuro por meio do diesel verde, por exemplo”, explicou.

Para o presidente do Centro Nacional das Indústrias do Setor Sucroenergético e Biocombustíveis (CEISE Br), Luís Carlos Júnior Jorge, a Fenasucro & Agrocana foi sucesso um absoluto. “Os cerca de 300 expositores, a quem agradecemos a credibilidade e confiança, contribuíram de forma significativa para que a feira fosse incrivelmente bem produzida. Nossas parcerias com a STAB, Copersucar, UNICA, UDOP, DATAGRO, LIDE Ribeirão Preto, entre outras, produziram uma programação de conteúdo que estimulou o que chamamos de feira de reencontro, com grande presença de técnicos das unidades produtoras, refletindo e impactando na visitação aos estandes e, consequentemente, oportunizando novos negócios, de melhorias de tecnologias, fabricação de máquinas e equipamentos, bem como contratação de serviços especializados”, afirmou.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of