WESTINGHOUSE E BRUCE POWER CRIAM UM MICRO REATOR NUCLEAR QUE PODERÁ ESTAR NO MERCADO EM TRÊS ANOS

WESTINGO micro-reator eVinci pode fornecer energia necessária, limpa e com custo competitivo para mercados descentralizados e fora da rede no Canadá, concluiu um relatório de viabilidade preparado por Bruce Power e pela Westinghouse. O relatório foi publicado um ano depois que as duas empresas concordaram em explorar as aplicações do programa de tecnologia eVinci da Westinghouse, no Canadá. Um resumo executivo de 12 páginas, fornecendo uma visão geral do mercado de oportunidades para a implantação do reator no Canadá, seus benefícios e oportunidades, foi compartilhado pelas empresas. O documento também considera as principais políticas federais, provinciais e territoriais e os facilitadores regulatórios necessários para sua implantação.

O micro-reator eVinci é descrito no relatório como uma “pequena bateria” para mercados de geração descentralizada e para micro redes, como comunidades remotas, minas industriais remotas e infraestrutura crítica. O reator de tubo de calor nominal de 5 MWe, que tem uma capacidade de calor de 14 MWt, apresenta um design que, segundo Westinghouse, fornece energia competitiva, bem como confiabilidade superior com manutenção mínima. É pequeno o suficiente para permitir métodos de transporte padrão, tornando-o perfeitamente adequado para locais remotos e implantação rápida no local. Esses recursos, diz a empresa, o tornam uma opção viável para minas e comunidades remotas e fora da rede.

Para Heather Kleb (foto à direita), diretora de tecnologia nuclear de próxima geração da Bruce Power,   “A indústria nuclear é líder na abordagem dos desafios globais eheather Bruce Power está comprometida em descarbonizar nossa economia e ajudar o Canadá a atingir emissões líquidas zero até 2050A energia nuclear é uma fonte limpa e confiável de energia de base, e a indústria está evoluindo ainda mais com novas tecnologias, como o micro-reator eVinci, que expandirá seu impacto de energia limpa.”

Espera-se que um único micro-reator eVinci seja entre 14% e 44% mais econômico do que um gerador a diesel, dependendo do preço do óleo diesel e do preço do carbono, e em cenários de mineração, tal unidade – com reserva de diesel – poderia reduzir as emissões de carbono em cerca de 90%, observa o relatório em suas principais conclusões. A implantação bem-sucedida dependeria da obtenção de um modelo regulatório que considere o tamanho da unidade e tenha um resultado previsível, para reduzir o risco para as operações no site host.

A Westinghouse se candidatou em fevereiro de 2018 à Comissão Canadense de Segurança Nuclear para uma revisão do projeto do fornecedor de pré-licenciamento do eVinci. O relatório estima que a primeira unidade comercial no Canadá “deve ser licenciada em três anos”, mas acrescenta que a ampla aceitação do público e da comunidade anfitriã será essencial para a implantação do reator. O estudo conclui que o micro-reator eVinci representa uma  alternativa viável  à geração a diesel em minas e em comunidades remotas, onde pode oferecer oportunidades para reduzir ou eliminar a dependência da cara geração a diesel com uma opção mais econômica que também reduz as emissões. O custo reduzido de eletricidade e aquecimento fornecido pelo reator também pode fornecer oportunidades de crescimento econômico.

mikeUm comunicado das companhias diz que “A forte parceria entre Bruce Power e Westinghouse preparou o terreno para a implantação de um programa líder de micro-reator eVinci no Canadá, para fornecer uma fonte confiável de energia livre de carbono em comunidades de ponta e fora da rede. Esses esforços apoiam ações dos governos federal e provinciais para estudar aplicações de tecnologia nuclear para alcançar sua meta de um Canadá líquido zero até 2050.”

Mike Shaqqo (foto à esquerda), vice-presidente sênior de reatores avançados da Westinghouse, disse que o Small Modular Reactor Roadmap do governo canadense estabeleceu a oportunidade para a energia nuclear apoiar as metas de descarbonização do país em comunidades remotas e fora da rede: “O estudo de viabilidade mostra que as características e vantagens exclusivas do micro-reator eVinci tornam-no a solução certa, incluindo uma pequena pegada, mobilidade, flexibilidade, vida útil e custo.”

1
Deixe seu comentário

avatar
1 Comment threads
0 Thread replies
1 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
1 Comment authors
João Pinto Recent comment authors
  Subscribe  
newest oldest most voted
Notify of
João Pinto
Visitante
João Pinto

Muito legal! Mal posso esperar ver esses reatores substituindo os geradores a diesel atualmente encontrados no mercado.