A ONESUBSEA TEM AVANÇO EM 2023 E PROJETA DEMANDA CRESCENTE POR EQUIPAMENTOS SUBMARINOS EM 2024 | Petronotícias





A ONESUBSEA TEM AVANÇO EM 2023 E PROJETA DEMANDA CRESCENTE POR EQUIPAMENTOS SUBMARINOS EM 2024

Carlos Tadeu Cunha, Brazil Sales & Commercial Regional Director da OneSubsea (3)O Projeto Perspectivas 2024que o Petronotícias realiza desde a sua criação, há 15 anos, traz um convite especial para a participação de Carlos Tadeu Cunha, diretor Regional no Brasil da gigante OneSubsea. A empresa atua no país há muitos anos, trazendo tecnologias para a indústria do petróleo offshore. A empresa teve um avanço importante nos negócios  em 2023, que foi marcante também pela joint venture formada com outras duas gigantes: a SLB, Aker Solutions e a Subsea7. Juntas elas formaram a maior empresa do mundo em negócios subsea. “A OneSubsea construiu uma presença significativa no Brasil ao longo de muitas décadas e vemos oportunidades sólidas de crescimento, tanto no curto quanto no longo prazo, para todas as nossas linhas de negócios. É um mercado atraente onde continuaremos a atender uma ampla variedade de clientes”, disse Carlos Tadeu.  Ele lembrou também que o Brasil pode se beneficiar da experiência da empresa no Mar do Norte quando os campos de petróleo nas bacias brasileiras amadurecerem. Por fim, o entrevistado também projeta que a demanda por árvores de natal molhadas e manifolds continuará crescendo em 2024, além de esperar por uma intensificação grande em tecnologias de processamento, tecnologia em eletrificação focando na redução de pegada de carbono, incremento e eficiência de produção. Vamos então saber as opiniões e as informações que o diretor da OneSubsea traz para os nossos leitores:

– Como foi o ano de 2023 para sua empresa no seu segmento de negócios?

– O ano de 2023 foi positivo para a OneSubsea com um aumento de interação e prospecção com clientes no Brasil, especialmente no escopo deARVORE DE NATAL subsea production systems (SPS) e processing, avanço na estratégia de negócios e sucesso nas entregas e instalações (life-of-field services). Conseguimos contratos com clientes como Petrobrás, Equinor, Enauta e Prio e entregamos cerca de 60 árvores de natal molhadas (ANMs). Alguns destaques do ano: produzimos no Brasil a primeira ANM de 20 mil psi do mundo, para o projeto Anchor, operado pela Chevron no Golfo do México. Estamos finalizando a produção de uma multiphase pump em nossa planta da Noruega (Bergen), que virá para o Brasil em 2024, para o Campo de Atlanta, operado pela Enauta, além de outro equipamento deste tipo para o Campo de Wahoo, da Prio. Também foi um ano de entregas importantes de ANMs, Manifolds, Wellhead e outros equipamentos para o Campo de Bacalhau, da Equinor.

Em outubro, ingressamos em uma nova era subsea ao concluir a nova joint-venture OneSubsea, que agora compreende os negócios subsea da Aker Solutions e da SLB, tornando-se a principal empresa subsea do mundo. Dados os nossos pontos fortes complementares e legados, isso abre ARVORE DE NATAL 2ainda mais oportunidades para entrarmos no novo ano, em todos as linhas de negócio da OneSubsea, sendo elas SPS, Processing, Umbilicais e Serviços. Além disso, vemos um horizonte positivo quando falamos de novas tecnologias. Nosso portfólio de processamento e all-electric fará parte do nosso motor de crescimento, por exemplo. Vejo muitas oportunidades para nossas tecnologias submarinas de propulsão, injeção e separação, que impulsionam fundamentalmente o aumento da recuperação e a redução das emissões de carbono associadas à produção para nossos clientes. Temos diversos sistemas de processamento em fase de execução que serão entregues aos projetos brasileiros ao longo do próximo ano.

Além disso, o mercado de sistemas umbilicais é enorme. Muitas operadoras buscam uma solução totalmente integrada conectando processamento, umbilicais e SURF. Podemos oferecer isso no Brasil por meio de nossa Aliança de Integração Submarina, em parceria com a Subsea7.

– Que sugestões gostaria de passar para o governo ou para o mercado com o objetivo de melhorar as condições de negócios no Brasil?

Em nossa avaliação, as operadoras têm apresentado planos de negócios consistentes e vêm seguindo o que foi anunciado ao mercado, garantindoARVORE FUNDSO DO MAR maior previsibilidade para os negócios. No entanto, um grande desafio que observamos está relacionado ao fluxo de entrega dos FPSOs, unidades de produção, armazenagem e transferência de petróleo. A demanda por FPSOs é enorme e pode se tornar um gargalo para o início de projetos submarinos. Atualmente, os estaleiros estão em alta demanda para atender toda a demanda do mundo e principalmente do Brasil, o que impacta o ciclo produtivo de forma geral.

A OneSubsea construiu uma presença significativa no Brasil ao longo de muitas décadas e vemos oportunidades sólidas de crescimento, tanto no curto quanto no longo prazo, para todas as nossas linhas de negócios. É um mercado atraente onde continuaremos a atender uma ampla variedade de clientes, incluindo Petrobrás, IOCs e operadores independentes, e vemos amplas aplicações para nossas soluções submarinas no pós-sal, pré-sal, bem como em novas áreas prolíficas, como a Margem Equatorial.

FPSOAlém disso, o Brasil é um centro global muito importante de execução de projetos para nós, o que significa que exportamos sistemas e produtos submarinos brasileiros para muitos clientes em todo o mundo. Portanto, continuaremos a investir pesadamente no talento e no desenvolvimento de capacidades brasileiras, não apenas para apoiar o crescimento no Brasil, mas também para apoiar o crescimento de nossos negócios globalmente. Será essencial um quadro regulatório previsível e favorável que garanta e apoie a posição do Brasil como um centro global de inovação e execução submarina durante a transição energética.

– Quais são as suas perspectivas de negócios do seu segmento para este novo ano que está para começar e quais as perspectivas da nossa economia para 2024?UNILICVAUS

– Para o ano que vem e os próximos, a demanda por ANMs e manifolds continuará crescendo, e esperamos uma intensificação grande em tecnologias de processamento, tecnologia em eletrificação focando na redução de pegada de carbono, incremento e eficiência de produção. Estamos entusiasmados com todas estas oportunidades e pensamos que um dos benefícios que a nossa nova joint venture traz é que seremos capazes de acelerar a inovação no setor submarino. Sistemas energéticos offshore eficientes são essenciais para satisfazer as UMBInecessidades energéticas atuais e futuras do mundo e para garantir uma transição energética justa. Neste contexto, a nossa missão é fornecer soluções submarinas completas com a menor pegada ambiental possível, à medida que o mix energético evolui. As soluções submarinas podem ajudar a reduzir a intensidade de carbono associada aos desenvolvimentos de petróleo e gás, bem como ajudar a garantir a viabilidade das energias renováveis offshore e da captura de carbono.

Hoje temos uma empresa ainda mais forte, com compromisso e visão de longo prazo para o Brasil. Temos quatro plantas operando totalmente capazes de atender às atuais demandas dos clientes no Brasil. Continuaremos a desenvolver aqui novas tecnologias que serão exportadas globalmente. E também traremos práticas e tecnologia do exterior para o mercado brasileiro, se for o caso.  A OneSubsea é reconhecida por sua competência e expertise para inovar e desenvolver novasFABICA soluções, bem como para executar projetos complexos. Temos um time de grandes especialistas em tecnologia submarina e temos desenvolvido muitas soluções inovadoras em colaboração com nossos clientes no Brasil e no mundo. Tecnologias como sistemas totalmente elétricos, processamento submarino e distribuição de energia submarina são extremamente importantes para futuros sistemas de energia offshore e para garantir energia sustentável e acessível para o Brasil e para o mundo.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of