CRESCIMENTO DOS NEGÓCIOS DA AMANCO WAVIN SURPREENDE AS EXPECTATIVAS NESTE ANO, COM BOA BASE DE EXPANSÃO EM 2024

AMANCO123No Perspectivas 2024 de hoje (6), temos a satisfação de ouvir e saber as opiniões de um grande empresário: Sergio Costa, presidente da Amanco Wavin no Brasil. A empresa contrariou todas as previsões pessimistas de instituições especializadas e vai fechar o ano na contramão dessas estimativas. A expectativa é de anunciar dois dígitos de crescimento da companhia. A Amanco Wavin se estruturou e todas as perspectivas apontam que o próximo ano será ainda melhor para o seu segmento. Os investimentos no PAC,  a prática do marco do saneamento, além do Minha Casa Minha Vida, desenham um rascunho de um ano repleto de novos negócios. Vamos então saber o que diz Sérgio Costa:

– Como foi o ano de 2023 para sua empresa no seu segmento de negócios?

Apesar de desafiador, o ano tem se mostrado uma oportunidade importante para nós do mercado e para clientes. Em 2023 estamos colocando em prática na Amanco Wavin novos produtos e ampliação da capacidade produtiva das nossas fábricas, e desenvolvendo soluções inovadoras e que estejam em linha com as principais necessidades urbanas do tocante à condução e uso racional da água.

Analisando o desempenho do mercado de construção, segundo dados da CBIC, o setor teve sua estimativa de alta de 2,5% em 2023 reduzida paraAMANCO FABRICA uma projeção de expansão de 2%, devido a fatores que incluem cenário de juros altos e redução de lançamentos imobiliários. Já, a projeção da Abramat (Associação Brasileira das Indústrias de Material de Construção) para 2023 se mantém em queda de -1% comparada a 2022, sendo este número deflacionado e puxado para baixo pelos acabamentos.

Com isso em mente, a nossa projeção vem na contramão deste número. Para o fechamento de 2023 devemos apresentar um crescimento superior a dois dígitos, de forma a consolidar ainda mais nossa liderança de mercado, especialmente no segmento de tubos e conexões predial. Isso nos permite expandir o leque de atuação e alinhar cada vez mais nossos produtos com as tendências do setor.

– Que sugestões gostaria de passar para o governo ou para o mercado com o objetivo de melhorar as condições de negócios no Brasil?

AMANCO FABAcreditamos que é preciso ter um olhar especial para projetos – como o Marco do Saneamento – para que eles continuem caminhando em direção a um cenário propício para a sociedade e para o setor. Enxergamos o marco como um impulsionador das parcerias público-privadas trazendo a possibilidade de introdução de novos serviços e tecnologias para o atingimento das metas de universalização de água e esgoto, bem como a preservação dos recursos hídricos.

Além disso, seria uma inciativa que poderia ampliar cada vez mais os negócios e diversificar e criar serviços e produtos. Com o Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que prevê investimentos de R$ 34 bilhões nos próximos três anos para melhorias em sistemas de água e esgoto, incluindo obras, acreditamos que este é o momento para o mercado e o governo unirem esforços para viabilizar novos projetos no segmento de saneamento.

Também é importante que outras iniciativas avancem, como o projeto Minha Casa Minha Vida, além de novas ações relacionadas a governo, como arcabouço fiscal, medidas tributárias e queda de taxa de juros. Caso sejam implementadas, poderão ajudar a aumentar o índice de confiança, fazendo com que as empresas ampliem seus investimentos, contribuindo para melhorar os números do mercado da construção

– Quais são as suas perspectivas de negócios do seu segmento para este novo ano que está para começar e quais as perspectivas da nossa economia para o ano vem?

Começamos 2023 impulsionados pelo aumento da capacidade produtiva, sobretudo de 40% em conexões, proporcionado pelo investimentoTUBBOS AMANCOP implementado ao longo de 2022.  Anunciamos também no início do ano um investimento de R$ 200 milhões em capacidade produtiva, novos produtos, marketing, tecnologia e inovação, mesmo valor investido no ano passado, o que reforça o compromisso de longo prazo da empresa na operação brasileira.

Além de produtos, queremos impulsionar também os nossos serviços. Um exemplo disso é o Wavin Services, área de serviços em saneamento com foco em gestão de ativos e redução de perdas de água. Dentro dele temos o Wavin Water Network Management Services (WWNM), um completo pacote de soluções de diagnóstico inteligente para a gestão de redes de água potável voltado para empresas que atuam na distribuição do recurso, com foco na redução de desperdício; e a frente de Métodos Não Destrutivos (MND), com as três tecnologias de reabilitação das redes (Compact Pipe, Cured in Place Pipe CIPP e Spiral Wound SPR), que são soluções desenvolvidas para fazer reparos com pouquíssima intervenção urbana, sem danificar o asfalto e, por consequência, sem atrapalhar a mobilidade dos cidadãos no dia a dia.

Em termos de macroeconomia, vemos 2024 como um ano de melhoria consistente para os negócios baseados nas projeções divulgadas recentemente pela Abramat em conjunto com a FGV. Elas apontam para uma base realista em que o PIB da Construção deve crescer 2% em 2024 frente a 2023, assim como o varejo da construção deve crescer 1,7%, sendo estes números deflacionados.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of