APROVADOS OS PLANOS DE DESENVOLVIMENTO DE OITO ÁREAS QUE A TRIDENT ENERGY ASSUMIU NA BACIA DE CAMPOS

p-15A Agência Nacional do Petróleo (ANP) aprovou as revisões de oito dos dez campos que eram da Petrobrás e que foram assumidos pela Trident Energy. As áreas em questão são: Badejo, Linguado, Marimbá, Piraúna, Bonito, Enchova, Enchova Oeste e Trilha, todos localizados na Bacia de Campos. A ANP também aprovou a redução de royalties nessas áreas.

No caso de Badejo e Linguado, a agência determinou a prorrogação contratual da fase de produção para 31 de dezembro de 2048. O primeiro período de avaliação dessas áreas terá 3  anos de duração, período no qual serão realizados os estudos necessários para avançar no desenvolvimento dos ativos.

Depois desse intervalo, a companhia terá de decidir se vai perfurar poço de investigação; desenvolver complementarmente o campo apresentando revisão do Plano de Desenvolvimento ou se devolverá o ativo. Se for necessário, será concedido um segundo período de avaliação.

Em relação a Marimbá e Piraúna, a ANP prorrogou a fase de produção dos ativos até dezembro de 2047 e dezembro de 2042, respectivamente. O órgão também deu o aval para interrupção da produção do campo de Piraúna até 31 de dezembro de 2025.

Por fim, os campos de Bonito, Enchova, Enchova Oeste e Trilha tiveram suas fases de produção estendidas até 31 de dezembro de 2044.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of