SOTREQ AUMENTA A ATENÇÃO E OS INVESTIMENTOS EM UM SETOR QUE ESTÁ CRESCENDO: ALUGUEL DE GRANDES MÁQUINAS

pedroEstá crescendo o negócio de aluguel de máquinas. A Sotreq está ampliando o seu negócio formatando formas de alugar equipamentos para as operações até no segm4ento florestal, assim como usado na construção e também na mineração, óleo e gás e no agro. Contar com a disponibilidade mecânica é uma das grandes vantagens que o cliente pode ter, sem precisar imobilizar seu capital em máquinas dessas características. Para Pedro Sá, consultor corporativo de vendas de aluguel da Sotreq, “ao alugar um equipamento, o cliente pode direcionar o recurso que investiria na máquina em outro segmento mais estratégico do negócio dele, como a estrutura industrial”. Mas o principal, aponta ele, é o fato de ficar por conta da Sotreq, que é especialista no pós-venda Cat, a execução das manutenções preventivas e corretivas por problemas de produto.

“E o mais interessante: normalmente entramos em novos projetos com equipamentos novos, e, juntando os pontos – equipamento novo e manutenção Sotreq -, o resultado final é uma entrega de alta disponibilidade mecânica“, afirma Pedro sá, que relaciona as vantagens do aluguel de máquinas:

maquina– Mantém o controle da operação sem imobilizar o ativo (CAPEX);
– Filiais Sotreq próximas às operações;
– Confiabilidade operacional;
– Alta disponibilidade mecânica;
– Suporte ao produto de extrema eficiência (capilaridade das filiais da Sotreq);
– Tecnologias e customizações para as diversas aplicações;
– Entrega da frota que o cliente precisa (máquina adequada);
– Entrega da performance que o cliente precisa.

No segmento florestal, a Sotreq Rental está disponibilizando equipamentos que abrangem toda a cadeia produtiva.  São pelo menos 16 diferentes modelos de máquinas, incluindo escavadeiras hidráulicas, manipuladores de materiais, motoniveladoras, tratores de esteira, carregadeiras, compactadores de solo e retroescavadeira: “Todos são demandados com a mesma intensidade, pois cada aplicação, estradas, preparo de solo, colheita, carregamento e pátio,  é uma sequência do processo produtivo da celulose e cada uma dessas aplicações possui sua especificidade”, explica Pedro.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of