PRODUÇÃO DA PETROBRÁS NO TERCEIRO TRIMESTRE CAIU 4,1% NA COMPARAÇÃO COM 2020

Apetrobras Petrobrás fechou o terceiro trimestre do ano com uma produção média de óleo, LGN e gás natural de 2,83 milhões de barris de óleo equivalente por dia (boe/d). O número representa uma alta de 1,2% na comparação com o segundo trimestre deste ano. No entanto, o valor é 4,1% menor em relação ao registrado no mesmo período de 2020 (2,952 milhões de boe/d).

Como destaques positivos, a empresa disse que o aumento de produção em relação ao segundo trimestre se deve à entrada em operação do FPSO Carioca (campo de Sépia), em agosto, e à maior média de produção no trimestre do FPSO P-70 (campo de Atapu), que atingiu a capacidade máxima no início de julho.

No pré-sal, a produção da companhia totalizou 1,673 milhões de barris de óleo por dia, uma alta de 3,3% na comparação com o trimestre passado e de 1,3% frente ao valor apurado em igual período de 2020. Já a produção do pós-sal foi de 501 mil barris por dia, 1% inferior ao trimestre anterior devido às maiores perdas com paradas de manutenção e ao declínio natural dos reservatórios.

Enquanto isso, as vendas de derivados neste trimestre somaram 1,9 milhão de barris por dia, um crescimento de 10,7% em relação ao trimestre passado. Houve aumento na comercialização de todos os produtos, destacando-se o crescimento da gasolina (14,2%), do diesel (6,4%) e do QAV (50,9%).

A produção de derivados nas refinarias também subiu 11% no mesmo período devido à maior demanda do mercado interno e maior disponibilidade das unidades de refino com a conclusão de paradas programadas de manutenção concentradas no trimestre anterior. Na comparação do segundo e do terceiro trimestre, o fator de utilização das refinarias aumentou de 75% para 85%”, detalhou a estatal, em comunicado.

Deixe seu comentário

avatar
  Subscribe  
Notify of